2017

A Jóia da Coroa

Ideia original
Mónica Rodrigues
Texto original
Paula Marinho
Encenação e Coreografia
Alexandra Mónica Rodrigues, Joana Espanha,
Joana Costa e Nuno Martins

PRÓLOGO
Era uma vez uma menina chamada Carlota que sem saber já muitas vidas tinha mudado em seu redor. Nesta história as mentes confundem-se, mas o coração bate certo a cada hora, a cada passo, a cada dança, a cada instante. Sabemos bem que o coração de uma mãe bate no mesmo tempo do da sua filha e que nada há a esconder a não ser a mentira. Shiiiuuuuuu….

O certo é que o Amor bateu à porta e com carinho e amizade todos viveram felizes para sempre…


ATO I
Era uma vez uma menina chamada Carlota que sem saber já muitas vidas tinha mudado em seu redor. Nesta história as mentes confundem-se, mas o coração bate certo a cada hora, a cada passo, a cada dança, a cada instante. Sabemos bem que o coração de uma mãe bate no mesmo tempo do da sua filha e que nada há a esconder a não ser a mentira. Shiiiuuuuuu….
O futuro era risonho mas a preocupação de a proteger levou esta mãe a rodear a Carlota da sua eterna Boneca e com os Amuletos criar os Anjos para sua tranquilidade protegendo a joia da coroa.
Passado muitos anos a vida no Reino Encantado continuava a sorrir para a Carlota que estava sempre feliz por estar perto de quem mais gostava como a sua amiga cozinheira a Macaca, o Papagaio, as Mosqueteiras, as Aias, a Tia e a sua prima a Princesa Sofia, que tinha um feitio muito especial. No mercado gostava de brincar com os Caniches, de conversar com as Donas das Bancas e adorava ver as Donzelas a comprar os seus vestidos e chapéus. Carlota deixou-se encantar pelo amor e conheceu Pedro,
que mais parecia um verdadeiro príncipe. Certo dia, um presente misterioso de uma velhinha ia trazer a mudança na sua vida. Que estranho? Um chapéu? Carlota aceitou e já no palácio com os cozinhados das Macaquinhas fez travessuras à sua prima, a Princesa Sofia. Com o aproximar da Noite, Carlota dava vida às Estátuas e sonhava com aventuras inesquecíveis e com o seu chapéu passou à magia.


ATO II
No Reino Encantado sempre que havia um grande acontecimento o circo era convidado para o alegrar.
A Carlota viajou no tempo e no passado descobriu um novo mundo cheio de alegria e muitas risadas. Os Donos do Circo fizeram a apresentação dos Palhacinhos, que não paravam de fazer rir, das Meninas das
Bengalas, que espantavam os mais atentos, dos Dálmatas saltitantes que obedeciam à sua Domadora, das Meninas dos Arcos que impressionavam com a sua dança, das Vendedoras de Doces que abriam o apetite a todos e dos Mimos, que deixavam todos de boca aberta para a sua mestria.
Nesta viagem Carlota descobre a verdade. Quando era pequena, muito pequenina foi trocada com a prima. A tia queria a todo o custo que a sua filha fosse a princesa e não viu outra maneira a não ser trocar as primas para que a sua filha fosse mais tarde coroada. Que grande maldade!


ATO III
A Carlota ficou tão confusa. As Mosqueteiras ao saber da verdade lançaram pelo ar a certeza de um novo rumo no reino. Aproveitando o baile da coroação, todos aguardavam pela verdade e ela chegou mas não como seria de esperar.
O certo é que o Amor bateu à porta e com carinho e amizade todos viveram felizes para sempre…

Morada

Estrada D. Miguel, 263
4420-116 – Gondomar
Porto – Portugal

Contacto

Telm: 919 191 514
Email: monicarodrigues00@gmail.com

© Copyright 2020 ACADEMIA DACIART - All Rights Reserved
error: © DIREITOS RESERVADOS A ACADEMIA DACIART